Biblioteca Escolar: Aprendendo através do mundo do faz-de-conta

Foto da biblioteca e sala de informática da Escola Reinado Infantil

Durante muito tempo, acreditou-se que as bibliotecas serviam apenas como um depósito de livros. No entanto, esse espaço sempre acompanhou as instituições escolares, como um acervo de histórias para leitura silenciosa e aprendizagem individual. Hoje é possível compreender o seu verdadeiro significado, um lugar para aprendizagens, exploração da imaginação e socialização, onde a criança tem a oportunidade de descobrir o gosto pelas histórias e pela leitura.

Qual a importância da Biblioteca na Educação Infantil?

Ela passa a exercer um importante papel na formação de seus alunos, pois na biblioteca a criança passa a ter contato com diversas histórias e materiais que contribuem em todos os eixos de sua formação integral. É no contato com as histórias que a criança tem a oportunidade de liberar sua imaginação, enfrentar seus medos e compreender um pouco mais daquilo que se passa em sua realidade, através do mundo da fantasia. A biblioteca se torna um espaço onde tudo é possível.

É importante incentivar o hábito da leitura na Educação Infantil?

O fato de a criança ainda não ter adquirido a habilidade de ler as palavras escritas não é um empecilho no incentivo a este hábito. No entanto, impõe a necessidade de que os educadores propiciem a ela situações onde possa interagir com o universo da literatura, por meio das contações de histórias. E esse exercício deve ser continuado em casa, uma vez que escola e família devem sempre estar de mãos dadas no processo educativo. Ler, contar e recontar histórias são os primeiros passos para o incentivo à leitura.

Qual livro escolher?

Os livros escolhidos para os pequenos devem conter histórias interessantes e simples, para aproveitar a atenção da criança em seu momento mais intenso. O adulto também deve demonstrar interesse por aquilo que está sendo feito, tornando a situação agradável e convidativa. Somos o exemplo! Além de ouvir histórias, é importante que a criança também manuseie livros de papel, fabricados com materiais de qualidade. Afinal, nossas crianças merecem qualidade, seja de materiais, de histórias contadas, de interação!

Bibliografia e fonte de referência:

  • KUHLTHAU, Carol Collier. Como usar a biblioteca na escola: um programa de atividades para o ensino fundamental. Belo Horizonte: Autêntica, 2002
  • POMBO, Olga. Biblioteca: a “alma” da Escola. Disponível em: http://cfcul.fc.ul.pt/biblioteca/online/pdf/olgapombo/biblioteca.pdf. Acesso em: out, 2016.
  • RAMOS, Flávia Brocchetto. Literatura infantil: de ponto a ponto. Curitiba: CRV, 2010.

Os comentários estão encerrados.